Sexta-feira, 23 de Junho de 2006

Ser aluno 3

Ser aluno é ser um livro
Que nunca foi nem vai ser lido
Ser um livro conjugado no verbo
Estudar no infinitivo
 
Mas também não é um livro
Para se pôr debaixo do pé
De um armário velho
 
É um livro que só vai
Servir para enfeitar um
Vazio de um livro que está
Sempre a ser requisitado.
                      Escrito pela Tamara
publicado por leituras2006 às 12:33
link do post | comentar | favorito
|

Ser aluno 2

Ser aluno não é só aprender
É ganhar e vencer
É ter vontade de estudar
 
Ser aluno é tratar
Mesmo que o não consigas
Mesmo sem saber o que dizer
Tentar até conseguir
 
É tentar ter boas notas
Para os teus pais agradar
Se não conseguires
Eles vão-se chatear
 
Para mim ser aluno é mostrar o que valho
Nesta jornada escolar
Pode ser difícil
Mas sei que consigo
                                          Escrito pelo Patrick
publicado por leituras2006 às 12:30
link do post | comentar | favorito
|

Ser aluno

Ser aluno é ter de estudar
É ter pouco tempo para descansar
É estar atento nas aulas
Ou preferir ser baldas
 
Ser aluno é trabalhar
Para umas boas notas tirar
Ou relatar e descansar
E o ano chumbar
 
Ser aluno é ter de aturar professores e pais
É ter de dar aos pedais
Se quisermos passar
E para o ano aprender mais
Para mais tarde um emprego encontrar.
                                                  Escrito pelo Tiago Oliveira
publicado por leituras2006 às 12:29
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Há palavras de que nos esquecemos

Há palavras de que nos esquecemos

Há palavras de que nos esquecemos
Como se tivessem sido apagadas
Palavras de dor, de lembrança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras como bocas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se ouvem
Aos sonhos do teu amado.


De repente ouvimos
Entre palavras sem pensar,
coisas inesperadas
Como a esperança ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel desenhado)

Palavras que nos transportam
Aonde a verdade é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
que lutam contra a morte.

              Tiago Oliveira e Tiago Rafael

publicado por leituras2006 às 14:41
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos tocam 3

Há palavras que nos tocam

Há palavras que nos escutam
Como se tivessem dedos
Palavras de alegria, de tristeza,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras doces que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se vêem
Aos olhos do teu coração.


De repente ouvimos
Entre palavras sem sentido,
palavras inesperadas
Como a esperança ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel rasgado)

Palavras que nos transportam
Aonde a verdade é mais forte,
Ao silêncio dos mortos
e dos vivos contra a morte.

                                   Teresa

publicado por leituras2006 às 14:38
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos acordam

Há palavras que nos acordam

Há palavras que nos acordam
Como se tivessem a energia do sol.
Palavras de alegria, de intensa harmonia
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras doces que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se derretem
Aos ventos do teu coração.


De repente acabam
Entre palavras sem sentimento,
azedas, inesperadas
Como a amizade ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel onde arde a chama)

Palavras que nos transportam
Aonde a amizade é mais forte,
Ao silêncio dos ventos
pela luta contra a morte.

                                      Tamara

publicado por leituras2006 às 14:35
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos escutam

Há palavras que nos escutam

Há palavras que nos escutam
Como se tivessem coração.
Palavras de alegria, de liberdade,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras alegres que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se tornam inesquecíveis
Aos portões do teu coração.


De repente lembrei-me
Entre palavras sem sentido,
e outras inesperadas
Como a alegria ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel amarrotado)

Palavras que nos transportam
Aonde a tristeza é mais forte,
Ao silêncio dos espíritos
que correm contra a morte.

                                         Sofia

publicado por leituras2006 às 11:02
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos tocam 2

Há palavras que nos tocam

Há palavras que nos tocam
Como se tivessem mãos.
Palavras de alegria, de tristeza,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras doces que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se perdem
Aos olhos do teu olhar.


De repente tudo
Entre palavras sem nexo,
que se tornam inesperadas
Como a dor ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel perdido)

Palavras que nos transportam
Aonde a verdade é mais forte,
Ao silêncio dos sinos
que tocam contra a morte.

                                   Natasha

publicado por leituras2006 às 10:59
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos dizem

Há palavras que nos dizem

Há palavras que nos dizem
Como se tivessem de falar.
Palavras de alegria, de tristeza,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras românticas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se sentem
Nos momentos do teu amor.


De repente falamos
Entre palavras sem sentido,
Palavras inesperadas
Como a esperança ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel rasgado)

Palavras que nos transportam
Aonde a imaginação é mais forte,
Ao silêncio dos grilos
que cantam contra a morte.

                                      Michele e Patrick

publicado por leituras2006 às 10:56
link do post | comentar | favorito
|

Há palavras que nos ouvem

Há palavras que nos ouvem

Há palavras que nos ouvem
Como se tivessem corrido.
Palavras de ternura, de alegria,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras doces que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se chegam
Aos ouvidos do teu coração.


De repente ouvimos
Entre palavras sem sentido,
Palavras inesperadas
Como a alegria ou o amor.

(O nome de quem se espera
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel escrito)

Palavras que nos transportam
Aonde a vida é mais forte,
Ao silêncio dos mortos
e dos vivos contra a morte.

                                          Marisa

publicado por leituras2006 às 10:53
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Ser aluno 3

Ser aluno 2

Ser aluno

Há palavras de que nos es...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos acord...

Há palavras que nos escut...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos dizem

Há palavras que nos ouvem

arquivos

Junho 2006

os nossos blogs

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds