Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Há palavras de que nos esquecemos

Há palavras de que nos esquecemos

Há palavras de que nos esquecemos
Como se tivessem sido apagadas
Palavras de dor, de lembrança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras como bocas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se ouvem
Aos sonhos do teu amado.


De repente ouvimos
Entre palavras sem pensar,
coisas inesperadas
Como a esperança ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel desenhado)

Palavras que nos transportam
Aonde a verdade é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
que lutam contra a morte.

              Tiago Oliveira e Tiago Rafael

publicado por leituras2006 às 14:41
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Ser aluno 3

Ser aluno 2

Ser aluno

Há palavras de que nos es...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos acord...

Há palavras que nos escut...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos dizem

Há palavras que nos ouvem

arquivos

Junho 2006

os nossos blogs

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds