Segunda-feira, 12 de Junho de 2006

Apresentação

    Este blog tem como objectivo reunir alguns textos produzidos pelos alunos, criados a partir de algumas experiências de leitura que se encontram reunidas no blog Leituras e de outras experiências que os alunos efectuaram em sala de aula.

   O primeiro conjunto de textos, que aqui se publica, baseou-se num exercício de completamento de espaços a partir do poema de Alexandre O'Neill "Há palavras que nos beijam". Aqui fica o original, seguindo-se nos próximos artigos as versões dos alunos.

Há palavras que nos beijam

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca.
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

                 Alexandre O'Neill
A professora de Língua Portuguesa, Paula Nogueira
publicado por leituras2006 às 23:54
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Ser aluno 3

Ser aluno 2

Ser aluno

Há palavras de que nos es...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos acord...

Há palavras que nos escut...

Há palavras que nos tocam...

Há palavras que nos dizem

Há palavras que nos ouvem

arquivos

Junho 2006

os nossos blogs

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds